Siga você também...

domingo, 8 de julho de 2012

Salmo 64

Protege a minha vida do inimigo ameaçador, defenda-me da conspiração dos ímpios e da ruidosa multidão de malfeitores. Todos os homens temerão e proclamarão as obras de Deus.

sábado, 7 de julho de 2012

Salmo 62

A minha alma descansa somente em Deus dele vem a minha salvação.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Salmo 61

Desde os confins da terra eu clamo a ti, pois tu tens sido meu refúgio. Para sempre anseio habitar em sua tenda e refugiar-me no abrigo de tuas asas.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Salmo 60

Fizeste passar o teu povo por tempo difíceis. Salva-nos com a tua mão direita e responde-nos.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Salmo 59

Livra-me dos que praticam o mal e salva-me dos assassinos. O meu Deus fiel virá ao meu encontro e permitirá que eu triunfe sobre meus inimigos.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Salmo 58

Será que os poderosos julgam retamente? No coração tramam a injustiça, os ímpios erram o caminho desde o ventre, seu veneno é como o veneno de serpente. Então os homens comentarão: De fato os justos têm a recompensa de Deus.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Salmo 57

Misericórdia ó Deus, pois em ti a minha alma se refugia. Eu me refugiarei  à sombra das tuas asas. Estou em meio a leões, seus dentes são como lanças. Meu coração está firme, cantarei louvores, cantarei ao som de instrumentos.

domingo, 1 de julho de 2012

Salmo 56

Os meus inimigos atacam-me arrogantemente, estão sempre tramando me prejudicar. Eu confio no Senhor, cujo palavra louvo e não temerei. Que poderá fazer-me homem?

sábado, 30 de junho de 2012

Salmo 55

Escute minha oração, ó Deus, não ignore minha súplica. O meu coração está acelerado, os pavores da morte me assaltam. Eu porem clamo a Deus e o Senhor me salvará!

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Salmo 54

Salva-me, ó Deus, ouve minha oração, escuta as minhas palavras.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Salmo 53

Diz o tolo: Deus não existe! Deus olha lá dos céus para ver se há alguém que busque a Deus.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Salmo 52

Por que você se vangloria do mal? Sua língua trama destruição! Você prefere o mal ao bem. Saiba que Deus o arruinará para sempre.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Salmo 51

Tem misericórdia de mim ó Deus, lava-me das minhas culpas. Contra ti pequei e fiz o que tu reprovas, purifica-me e ficarei puro, lava-me e mais branco que a neve serei.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Salmo 50

Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo, e clame a mim no dia da angustia, eu o livrarei e você me honrará.

domingo, 24 de junho de 2012

Salmo 49

A minha boca falará com sabedoria a meditação do meu coração trará entendimento.

sábado, 23 de junho de 2012

Salmo 48

Grande é o Senhor, e digno de louvor na cidade do nosso Deus. Seu santo monte, belo e majestoso, é a alegria de toda a terra.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Salmo 47

Batam palmas, todos os povos, aclamem a Deus com cantos de alegria. Pois o Senhor Altíssimo é temível é o grande Rei sobre toda a terra.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Salmo 46

Deus é nosso refúgio e nossa fortaleza, socorro sempre presente na tribulação. Por isso não temeremos mesmo a terra trema e os monte afundem no mar. Há um rio cujo as águas alegram a cidade de Deus.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Salmo 45

O teu trono ó Deus subsiste para todo o sempre. Amas a justiça e odeia a iniquidade, por isso o teu Deus te escolheu entre os ungidos.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Salmo 44

És tu meu Rei e meu Deus! És tu que decretas vitórias para Jacó! Minha espada não me concede a vitória, mas tu me concedes a vitória sobre os nossos adversários.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Salmo 43

Com harpa te louvarei ó Deus, meu Deus! Pois ainda o louvarei, ele é o meu salvador e o meu Deus.

domingo, 17 de junho de 2012

Salmo 42

Como a corça anseia pelas águas, minha alma anseia por ti ó Deus.

sábado, 16 de junho de 2012

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Salmo 40

Coloquei minha esperança no Senhor, ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. Ele me tirou de um poço de destruição, pôs meu pés em uma rocha e um novo cântico em minha boca. Feliz é o homem que confia no Senhor.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Salmo 39

Vigiarei a minha conduta e não pecarei em palavras. Minha esperança está em ti, livra-me das minhas transgressões. Ouve a minha oração e escuta meu grito de socorro.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Salmo 38

Senhor, diante de ti estão todos os meus anseios. Meu coração palpita e as forças me faltam até a luz dos meus olhos se foi. Senhor não me abandones! Não fiques longe de mim, ó meu Deus!

terça-feira, 12 de junho de 2012

Salmo 37

Não se aborreça por causa do homens maus. Entregue o teu caminho ao Senhor, confia nele e ele agirá. Do Senhor vem a salvação dos juntos.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Salmo 36

O teu amor Senhor chega até os céus, a tua fidelidade chega até as nuvens.

domingo, 10 de junho de 2012

Salmo 35

Defenda-me Senhor dos que me acusam, luta contra os que lutam comigo. O Senhor seja engrandecido! Ele tem o prazer no bem estar do servo.

sábado, 9 de junho de 2012

Salmo 34

Busquei ao Senhor e ele me respondeu, livrou-me de todos os temores. Os olhos do Senhor voltam-se para os justos.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Salmo 33

Cantem de alegria ao Senhor, louvem com harpas, cantem uma nova canção. Feliz é a nação que tem o Senhor como Deus.

Salmo 63

Eu te busco intensamente, a minha alma tem sede de ti. Quando me deito lembro-me de ti, penso em ti durante as vigílias da noite.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Salmo 32

Tu és o meu abrigo, tu me preservarás das angústias. Alegrem-se no Senhor e exultem, cantem de alegria todos que são retos de coração.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Salmo 31

Em ti Senhor eu me refugio. Nas tuas mãos entrego meu espirito, resgata-me Senhor, Deus da verdade.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Salmo 30

Eu te exaltarei Senhor, a ti clamei e tu me curaste, o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manha.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Salmo 29

A voz do Senhor é poderosa, a voz do Senhor é majestosa, a voz do Senhor quebra os cedros, o Senhor despedaça os cedros do Líbano.

domingo, 3 de junho de 2012

Salmo 28

A ti eu clamo, Senhor, minha Rocha. Ouve as minhas súplicas quando clamo a ti por socorro, quando ergo as mãos para teu Lugar Santíssimo. Bendito seja o Senhor pois ouviu as minhas súplicas.

sábado, 2 de junho de 2012

Salmo 27

O Senhor é minha luz e a minha salvação. O Senhor é o meu refúgio, de quem terei medo? Uma coisa pedi ao Senhor, que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Salmo 26

Sonda-me Senhor e prova-me, examina meu coração e minha mente. Os meus pés estão firme na retidão.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Salmo 25

Em ti confio ó meu Deus. Mostra-me Senhor os teus caminhos, ensina-me as tuas veredas.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Salmo 24

Quem poderá subir ao monte do Senhor? Quem poderá entrar no Santo Lugar? Aquele que é puro de coração nem adora falsos deuses. Ele receberá as bênçãos do Senhor.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Salmo 23

O Senhor é o meu pastor e nada me faltará. Guia-me pelas veredas da justiça. Unge minha cabeça com óleo e meu cálice transborda.

domingo, 27 de maio de 2012

Salmo 22

Meu Deus! Eu clamo e não me respondes, não fique distante, vem logo ao meu socorro!

sábado, 26 de maio de 2012

Salmo 21

O rei confia no Senhor, por causa da fidelidade do Altíssimo ele não será abalado. Sê exaltado, Senhor, na sua força! Cantaremos e louvaremos o teu poder.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Salmo 20

Conceda-te o desejo do teu coração e leve a efeito todos os teus planos. Alguns confiam em carros e outros em cavalo, mas nós confiamos no nome do Senhor o nosso Deus.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Salmo 19

Os céus declaram a glória de Deus, o firmamento proclama a obra das suas mãos. Alei do Senhor é perfeita e revigora a alma. O temor do Senhor é puro e dura para sempre.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Salmo 18

Eu te amo, ó Senhor, minha força. O Senhor é minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador. Na minha aflição clamei ao Senhor, gritei por socorro ao meu Deus.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Salmo 17

Provas meu coração. Eu clamo a ti, pois me respondes, inclina para mim os teus ouvidos e ouve minha oração.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Salmo 16

Protege-me ó Senhor, tu és minha porção e meu cálice. Tu me farás conhecer a vereda da vida.

Salmo 46

Deus é nosso refúgio e nossa fortaleza, socorro sempre presente na tribulação. Por isso não temeremos mesmo a terra trema e os monte afundem no mar. Há um rio cujo as águas alegram a cidade de Deus.

domingo, 20 de maio de 2012

Salmo 15

Senhor, quem habitará no seu santuário? Aquele que é integro e justo, que o coração fale a verdade e não faça mal ao seu semelhante. Quem assim procede nunca será abalado.

sábado, 19 de maio de 2012

Salmo 14

Diz o tolo em seu coração: Deus não existe. O Senhor olha dos céus e para ver se há alguém que busque a Deus.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Salmo 13

Par sempre te esquecerás de mim? Até quando meu inimigo triunfará sobre mim? Olha para mim e responda-me Senhor. Quero cantar ao Senhor pelo bem que me tem feito.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Salmo 12

Salva-nos Senhor! Já não há quem seja fiel, cada um mente com segundas intenções. As palavras do Senhor são puras.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Salmo 11

No Senhor me refugio. O Senhor está no seu santo templo.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Salmo 10

Senhor, por que estás tão longe? Levanta-te Senhor! Ergue a tua mão e não te esqueças dos necessitados.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Salmo 9

Eu te louvarei, SENHOR, com todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.

domingo, 13 de maio de 2012

Salmo 8

Senhor, como é majestoso teu nome em toda a terra! Tu, cuja glória é cantada nos céus.

sábado, 12 de maio de 2012

Salmo 7

Senhor, em Ti me refugio, salva-me e livra-me de todos que me perseguem.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Salmo 6

Volta-te Senhor e livra-me. O Senhor ouviu a minha súplica, o Senhor aceitou minha oração.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Salmo 5

Escuta Senhor minhas palavras, atenta para meu grito de socorro.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Salmo 4

Responde-me quando clamo, dá-me alivio da minha angustia, tem misericórdia de mim. Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu Senhor, me fazes viver em segurança.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Salmo 3

Senhor, muitos são meu inimigos, mas Tu és meu escudo.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Salmo 2

Disse o Senhor: Tu és meu filho. Pede-me e te darei as nações.

domingo, 6 de maio de 2012

Salmo 1

Bem-aventurados são aqueles os que não se deixam levar pelos conselhos dos maus. Ao contrário, o prazer está em seguir a lei do Senhor e nessa lei eles meditam dia e noite. São como árvores que crescem na beira do riacho, elas dão frutas no tempo certo, e as suas folhas não murcham.

sábado, 5 de maio de 2012

Jó 42

Jó orou e o Senhor o tornou próspero novamente, lhe deu em dobro tudo o que tinha antes. O Senhor abençoou a vida de Jó mais que no inicio. Teve filhas mais bonitas e morreu próspero com cento e quarenta anos.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Jó 40

Respondeu Jó ao Senhor: Sou indigno, como posso responder-te? O Senhor falou: Prepare-se para responder.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Jó 39

Você sabe quando as cabras dão luz? Você está atento quando a corça tem o seu filhote? Acaso você conta os meses até elas darem a luz?

terça-feira, 1 de maio de 2012

Jó 38

O Senhor responde a Jó por meio da tempestade e disse: Quem é esse que obscurece o meu conselho? Fale-me se é que você sabe. Quem é capaz de despejar os cântaros da água dos céus?

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Jó 37

Ouça! Escute o estrondo da sua voz. Quando a sua voz ressoa nada o faz recuar.

domingo, 29 de abril de 2012

Jó 36

Disse mais Eliú: As minhas palavras não são falsas, Deus é poderoso e não despreza os homens, se os homens pecarem, Ele os fará ouvir a correção, se obedecerem e servirem serão prósperos.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Jó 35

Eliú prosseguiu: Você acha que isso é justo? Você diz: Serei absolvido por Deus, mas pergunta: o que ganho se não pecar?

terça-feira, 17 de abril de 2012

Jó 34

Eliú continuou: Ouçam as minhas palavras, Jó afirma que é inocente. Mas se Deus permanece calado, quam poderá condená-lo?

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Jó 33

Por que se queixa por Deus não responder? Deus fala de um modo ou de outro, mesmo que o homem não perceba. Preste atenção Jó e fique em silêncio.

domingo, 15 de abril de 2012

Jó 32

Então disse Eliú: Por ser o mais novo dentre nós, fiquei calado até agora escutando vocês, mas gora irei dar minha opinião.

sábado, 14 de abril de 2012

Jó 31

Se me conduzir com falsidade, ou se meus pés se apressaram a enganar, Deus me pese em balança justa e saberá que não tenho culpa. Aqui terminam as palavras de Jó.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Jó 30

Agora muitos zombam de mim. Clamo a Ti ó Deus e não me respondes.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Jó 29

Jó prosseguiu: Como tenho saudades dos dias em que o Senhor estava comigo, tenho saudades de quando Deus abençoava minha casa.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Jó 28

Onde porém se pode achar sabedoria? Onde habita o entendimento? No temor do Senhor está a sabedoria e evitar o mal é ter entendimento.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Jó 27

Jó prosseguiu: Pelo Deus vivo, enquanto eu tiver vida, meus lábios não falarão maldade e minha língua não profetizará nada que seja falso.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Jó 26

Jó respondeu: E isso tudo é apenas a borda de suas obras, um suave sussurro é que ouvimos dele.

domingo, 8 de abril de 2012

Jó 25

Bildade respondeu: O domínio e o temor pertencem a Deus.

sábado, 7 de abril de 2012

Jó 24

Por que o Todo-poderoso não marca as datas de julgamento?

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Jó 23

Jó respondeu: Até agora me queixo com amargura, a mão dele é pesada. Mas ele é ele! Quem poderá fazer-lhe oposição? Ele faz o que quer. Por isso fico aprovado diante dele.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Jó 22

Respondeu Elifaz: Sujeite-se a Deus, fique em paz com ele e a prosperidade virá a você.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Jó 21

Respondeu Jó: Como pode vocês consolar-me com esses absurdos? O que sobra das suas respostas é pura falsidade.

terça-feira, 3 de abril de 2012

Jó 20

Zofar respondeu em sua defesa, alegando estar profundamente perturbado, pois as palavras o desonra.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Jó 19

Jó respondeu: Até quando vocês continuarão a me atormentar com essas palavras? Vocês me repreenderam dez vezes, mas foi Deus quem bloqueou meu caminho e cobriu de trevas minhas veredas.

domingo, 1 de abril de 2012

Jó 18

Bildade respondeu: Quando você vai parar de falar e proceder com prudência?

sexta-feira, 30 de março de 2012

Jó 17

Meu espírito está quebrantado, meus dias se encurtam e a sepultura me espera.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Jó 16

Pobres consoladores são vocês, se estivessem em meu lugar eu poderia condená-los com belos discursos, mas a minha boca procuraria encorajá-los.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Jó 15

Elifaz respondeu: Não lhe bastam as consolações e nossas palavras amáveis? Por que se deixa levar pelo coração e despeja da sua boca essas palavras?

terça-feira, 27 de março de 2012

Jó 14

Os dias dos homens estão determinados, tu decretaste o número de seus meses.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Jó 13

Desejo falar ao todo poderoso e defender minha causa. Concede-me só estas duas coisas, ó Deus e não me esconderei de Ti, chama-me responderei.

domingo, 25 de março de 2012

Jó 12

Jó respondeu: Tornei-me objeto de risos, logo eu, quem clamava a Deus e ele respondia, eu integro e irrepreensível.

sábado, 24 de março de 2012

Jó 11

Zofar respondeu: Quem poderá se opor a Deus? Se contudo, se consagrar o coração, se afastar do pecado, você esquecerá suas desgraças, lembrando-se delas como águas passadas.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Jó 10

Por que me fizeste nascer? Eu preferia ter morrido antes que alguém pudesse ver-me.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Jó 9

Jó respondeu: Sei que isso é verdade, mas como pode o mortal ser justo diante de Deus?

quarta-feira, 21 de março de 2012

Jó 8

Respondeu Bildade: Até quando falaras desse modo, suas palavras são como vendaval! Se você for íntegro e puro o Senhor vai restabelecer o seu lugar.

terça-feira, 20 de março de 2012

Jó 7

Lembra-te de mim ó Deus, minha vida não passa de um sopro e meus olhos jamais tornarão a ver a felicidade.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Jó 6

Jó respondeu, se tão somente pudessem pesar minha aflição e calcular minha desgraça. Por isso minhas palavras impetuosas.

domingo, 18 de março de 2012

Jó 5

Clame se quiser, para quem se voltará? Se fosse comigo eu apelaria a Deus e apresentaria a Ele a minha causa.

sábado, 17 de março de 2012

sexta-feira, 16 de março de 2012

Jó 3

Jó amaldiçoa o dia do seu próprio nascimento e desejou que tivesse nascido morto.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Jó 2

Novamente o Senhor permitiu que o diabo se levantasse contra Jó, que foi tomado por feridas terríveis em sua carne. Mesmo assim Jó não pegou contra o Senhor.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Jó 1

Jó era homem íntegro, justo e temente a Deus. Certa vez o Senhor permitiu que o diabo tocasse em tudo que Jó possuía, logo depois, os sabeus tomaram seu rebanhos e mataram seus empregados, caiu fogo do céu e matou seus empregados e suas ovelhas, um vento destruiu a casa e matou seus filhos.  Em tudo isso Jó não culpou a Deus.

terça-feira, 13 de março de 2012

Ester 10

Mardoqueu se tornou o segundo homem na hierarquia, depois do rei Xerxes.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Ester 9

Os judeus destruíram todos os que os atacavam, na cidade de Susã os judeus mataram quinhentos homens. Os corpos dos filhos de Hamã, o inimigo dos judeus, foram pendurados na forca.

domingo, 11 de março de 2012

Ester 8

No mesmo dia Ester pediu ao rei para revogar o plano de Hamã para destruir todos os judeus, mas o rei lhe disse que não poderia revogar uma decisão anterior, por isso o rei decretou uma nova lei, onde dava aos judeus direito de se defenderem e lutarem contra qualquer que lhes tentassem matar.

sábado, 10 de março de 2012

Ester 7

O rei a Hamã foram ao almoço de Ester, quando lá chegaram Ester declarou que Hamã estava tramando a morte dela e de todos os judeus. Diante disso o rei mandou enformar Hamã na forca que ele havia preparado para Mardoqueu.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Ester 6

O rei mandou Hamã colocar Mardoqueu em sobre um cavalo vestido do manto do rei e passar com Mardoqueu pelas ruas das cidades declarando, esse é o homem a quem o rei quer honrar. Isso aconteceu Mardoqueu havia livrado o rei da morte, quando entregou os escravos que planejavam sua morte.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Ester 5

Ester entrou no pátio interno do palácio, onde quem entrasse sem ser convidado pelo rei seria morto, mas o rei teve misericórdia. O rei ainda falou para Ester que ela poderia pedir até a metade do seu reino e lhe seria concedido. Ester prometeu preparar um almoço e convidou Hamã.

quarta-feira, 7 de março de 2012

Ester 4

Quando Mardoqueu soube, chorou amargamente e houve pranto entre os judeus. Mardoqueu enviou mensagem a Ester, lhe pedindo que intercedesse pelos judeus diante do rei Xerxes.

terça-feira, 6 de março de 2012

Ester 3

O rei Xerxes recebeu e autorizou um pedido de Hamã, seu pedido é para que permitisse destruir todos os judeus.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Ester 2

O rei Xerxes mandou reunir belas virgens para ficarem no harém do rei por um ano, a moça que mais agradasse o rei ficaria como rainha no lugar de Vasti. Entre as virgens que se apresentaram diante do rei, Ester foi quem mais o agradou.

domingo, 4 de março de 2012

Ester 1

O rei Xerxer mandou chamar a rainha Vasti, mas ela se recusou e por isso o rei decretou que todo homem deveria mandar em sua casa e Vastir não seria mais rainha.

sábado, 3 de março de 2012

Neemias 13

Naquele dia o livro de Moisés foi lido em alta voz diante do povo. Neemias deu instruções para o povo não trabalhar no dia de sábado.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Neemias 12

Muitos sacerdotes e levitas voltaram com Zorobabel. Muitos levitas e sacerdotes foram trazidos para Jerusalém para purificarem o povo.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Neemias 11

Jerusalém foi repovoado, os líderes passaram a morar em Jerusalém, foi feito sorteio entre o povo para morar em Jerusalém. Muita gente de Judá veio viver em Jerusalém.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Neemias 10

Fizeram um acordo por escrito e vários líderes, levitas e sacerdotes assinaram se comprometendo a seguir a Lei.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Neemias 9

No vigésimo quarto dia do mês, os israelitas se reuniram, jejuaram, confessaram seus pecados e adoraram ao Senhor no mesmo local onde a Lei foi lida.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Neemias 8

O sacerdote Esdras leu a Lei diante da assembleia, este foi o dia consagrado ao Senhor.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Neemias 7

Depois que o muro foi levantado as portas foram colocadas no lugar e nomeado porteiro, levitas, comandante e sentinelas. Vários homens que haviam sido levado por Nabucodonosor voltaram para Jerusalém e Judá.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Neemias 6

O muro foi erguido em cinquenta e dois dias. Quando os inimigos souberam ficaram temerosos e com orgulho ferido e perceberam que a obra havia sido executada com a ajuda de Deus.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Neemias 5

O povo reclamava pois havia penhorado suas terras e pego dinheiro a juros, muitos de suas filhas haviam sido tomada por escravas, então Neemias chamou todo o povo e fez com que os credores devolvessem tudo que haviam cobrado dos devedores, também fez com que os escravos fossem comprados de volta.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Neemias 4

Durante a construção do muro, Sambalate, Tobias e os amonitas ficaram muito furiosos e ameaçavam atacar Jerusalém, mas os homens continuavam trabalhando, uns trabalhavam na obra enquanto outros vigiavam a cidade com lanças e espadas nas mão.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Neemias 3

Foram reconstruídas as portas das ovelhas e depois construíram o muro as portas da cidade foram consertadas.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Neemias 2

Neemias ainda era coopero do rei Artaxerxes, ele pediu ao rei que lhe permitisse voltar a Judá e reconstruir a cidade e lhe foi permitido. Neemias voltou para Jerusalém para reconstruir os muros.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Neemias 1

Neemias soube sobre os israelitas que viviam em cativeiro e passavam por grande sofrimento e humilhação. Então Neemias orou ao Senhor pedindo perdão pelos pecados de Israel.

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Esdras 2

Os homens que Nabucodonosor haviam levado prisioneiro voltam para sua cidade. No total voltaram do exílio 42.360 homens, além dos 7.337 servos e servas, 200 cantores e cantoras, 736 cavalos, 245 mulas, 435 camelos e 6.720 jumentos.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Esdras 1

No primeiro ano do reinado de Ciro, rei da Pérsia, Deus despertou os corações para reconstrução do templo do Senhor. O rei Ciro mandou criar os utensílios que Nabucodonosor havia roubado.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 36

O povo proclamou Jeoacaz a rei, no lugar de seu pai Josias, ele só reinou três meses em Jerusalém. Jeoaquim reinou onze anos em Jerusalém e fez o que o Senhor reprova. Zedequias reinou onze anos e fez o que o Senhor reprova.
O Senhor advertiu por meio dos profetas, mas o povo zombou dos profetas de Deus. Então o Senhor enviou contra ele os babilônios que os destruíram e roubaram os pertences do templo de Deus.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 35

Josias mandou abater um cordeiro para celebrar a Páscoa, para isso nomeou sacerdotes e levitas, assim foi a celebração da Páscoa. Josias foi ferido por uma flecha em batalha e veio a morrer em Jerusalém.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 34

Josias tinha oito anos de idade quando começou a reinar e fez o que o Senhor aprova, quando tinha dezesseis anos de idade, já buscava ao Deus de Davi, derrubou os altares idolatras de Judá e Jerusalém.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 33

Manessés tinha doze anos de idade quando começou a reinar em Judá, ele fez o que o Senhor reprova e reconstruiu os altares idolatras que seu pai Ezequias havia destruído. Por isso o Senhor permitiu que Manassés fosse levado cativo pelo exército da Assíria, então Manassés clamou e o Senhor o trouxe de volta a seu reino.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 32

O rei da Assíria invadiu Judá, quando Ezequias soube disso mandou fechar as passagens de água dos rios, fecharam todas as fontes e rios, assim os homens da Assíria não tinham água. Quando os homens da Assíria atacaram, o profeta Isaías e Ezequias clamaram ao Senhor que enviou uma anjo e matou todos os homens.
Naquele tempo Ezequias ficou doente e quase morreu, mas o Senhor foi bondoso e ele viveu até sua velhice, quando morreu, seu filho Manessés foi seu sucessor.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 31

Os israelitas saíram pelas cidades de Judá destruindo os altares idólatras. Ezequias designou sacerdotes e levitas para ministrarem louvores e sacrifícios. Ezequias fez o que o Senhor aprova.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 30

Ezequias enviou cartas convidando todo Israel e Judá pra celebrarem a Páscoa. Uma multidão reuniu-se em Jerusalém abateram o cordeiro da Páscoa os levitas e os sacerdotes cantavam louvores e celebraram com alegria.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 29

Ezequias em Jerusalém e fez o que o Senhor aprova, consertou as portas do templo e convocou os levitas e sacerdotes para consagrar o templo ao Senhor. Sacrificaram ao Senhor, toda a assembleia em adoração e os músicos cantavam louvores.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

2 Crônicas 28

Acaz reinou em Jerusalém e fez o que o Senhor reprova, chegou a queimar seu filho em sacrifício a outros deuses. Por isso o Senhor os entregou aos arameus, muitos foram mortos e muitos levados como prisioneiros. Mas o Senhor enviou o profeta Odebe até o exército de Samaria e mandou que libertassem os prisioneiros. O Senhor humilhou Judá por causa de Acaz.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

2 Crônicas 27

Jotão reinou em Judá e fez o que o Senhor aprova, se tornou muito poderoso pois andava nos caminhos do Senhor, ganhou muitas guerras e construiu cidades fortes.

domingo, 29 de janeiro de 2012

2 Crônicas 26

Uzias tinha dezesseis anos de idade quando assumiu o reinado de seu pai Amazias e fez o que o Senhor aprova. Depois que Uzias se tornou poderoso, seu orgulho provocou sua queda, ele foi fazer a tarefa dos sacerdotes e o Senhor o feriu com uma lepra até o dia em que morreu.

sábado, 28 de janeiro de 2012

2 Crônicas 25

Amazias reinou em Judá e fez o que o Senhor aprova, mas não de todo coração. Um homem de Deus falou com Amazias para as tropas de Israel não participar da guerra, ele obedeceu e Deus o abençoou. Mas Amazias consultou outros deuses e mandou mensagens a Jeoás o desafiando. Por isso Judá foi derrotado e Amazias foi capturado.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

2 Crônicas 24

Joás tinha sete anos de idade quando se tornou rei. O sacerdote Joiada morreu com cento e trinta anos.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

2 Crônicas 23

Joiada e seus filhos trouxeram o filho do rei e o proclamaram rei, conforme o Senhor havia prometido, eles gritavam. Viva o rei!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

2 Crônicas 22

Acazias foi sucessor de seu pai, andou nos caminhos de Acabe e fez o que o Senhor reprova. Acazias, seus filhos e os líderes de Judá, foram mortos por Jéu.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

2 Crônicas 21

Jeorão foi sucessor de seu pai Josafá, se casou com a filha de Acabe e fez o que o Senhor reprova. Jeorão matou seus próprios irmãos e construiu altares idolatras levando o povo a se prostituir. Por isso, com permissão do Senhor, os filisteus entraram em seu palácio roubaram todos os seus bens, suas mulheres e seus filhos, com exceção de Acazias. Depois disso o Senhor o feriu com uma doença no intestino e ele morreu sofrendo de dores terríveis.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

2 Crônicas 20

Os moabitas e os amonitas entraram em guerra contra Josafá. Josafá proclamou um jejum em todo Judá e orou ao Senhor, nomeou homens para entoar louvores ao Senhor. Durante os louvores, os moamitas e os amonitas destruíram-se uns aos outros, quando Judá avistou o lugar, só havia cadáveres. Então Josafá e Judá louvaram ao Senhor. Josafá fez o que agrada ao Senhor e morreu.

domingo, 22 de janeiro de 2012

2 Crônicas 19

Josafá nomeou juízes, levitas e sacerdotes para as cidades de Judá e deu ordens que deveriam servir com fidelidade ao Senhor.

sábado, 21 de janeiro de 2012

2 Crônicas 18

Josafá rei de Judá e Acabe rei de Israel se aliaram e entraram em guerra contra Ramote-Gileade, mesmo recebendo ordens do profeta Micaías de não guerrear. Durante a guerra Acabe rei de Israel foi ferido e morreu.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

2 Crônicas 17

Josafá foi sucessor de seu pai Asa, o Senhor esteve com ele, pois fez o que o Senhor se agrada, retirou os altares idólatras e seguiu os caminhos do Senhor.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

2 Crônicas 16

Asa não consultou ao Senhor e se aliou ao rei da Síria, por isso o Senhor permitiu que ele morresse de uma doença nos pés.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

2 Crônicas 15

Azarias declarou as palavras que o Senhor havia falado, dizia que o Senhor estaria com o povo se o buscassem, e os abandonariam se eles o abandonassem. Assim que ouviu essas palavras o rei Asa retirou os ídolos das cidades e restaurou o altar do Senhor. Fizeram um acordo em adorar somente ao Senhor.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

2 Crônicas 14

Abias morreu e seu filho Asa foi seu sucessor, a paz esteve no país durante dez anos. Asa fez o que o agrada ao Senhor.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

2 Crônicas 13

Houve guerra entre Abias rei de Judá e Jeroboão rei de Israel. Os homens de Judá clamaram ao Senhor e os israelitas foram derrotados e subjugados, O Senhor feriu Jeroboão e ele morreu.

domingo, 15 de janeiro de 2012

2 Crônicas 12

Depois que Roboão se firmou como rei, ele e todo o Israel desobedeceram ao Senhor e abandonaram sua lei. Por isso o Senhor permitiu Jerusalém ficou sujeito a Sisaque. Quando Sisaque atacou Jerusalém, levou todos os tesouros do templo do Senhor.

sábado, 14 de janeiro de 2012

2 Crônicas 11

Roboão convocou homens de Jerusalém para guerrear contra Israel para recuperar seu reino, mas o Senhor ordenou que Roboão não guerreasse contra seus irmãos. Por isso Roboão fortificou as cidades de Judá e Benjamim, alguns levitas de Jerusalém também o seguiram. Roboão agradou ao Senhor andando nos caminhos de Davi e teve muitas mulheres.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

2 Crônicas 10

Roboão ignorou o conselho das autoridades de Israel e colocou trabalho forçado sobre os israelitas, por isso todo Israel se levantou contra o rei Roboão, apedrejaram Adorirão chefe do trabalho forçado. O rei Roboão fugiu em sua carruagem.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

2 Crônicas 9

A rainha de Sabá foi visitar Salomão e lhe levou muitos presentes e muitas riquezas. O rei Salomão se tornou o mais rico e mais sábio de todos os reis da terra. Salomão morreu e foi sepultado na Cidade de Davi, seu filho Roboão foi seu sucessor.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

2 Crônicas 8

Depois de vinte anos Salomão construiu o templo do Senhor e o seu próprio palácio, depois conquistou várias cidades. Salomão designou grupos para suas tarefas.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

2 Crônicas 7

Salomão orou e quando terminou, desceu fogo do céu e a glória do Senhor encheu o templo. Depois disso o senhor apareceu a Salomão e disse que estaria com Salomão durante seu reinado.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

2 Crônicas 6

Salomão cumpriu o que prometeu a seu pai Davi, construindo um templo para o Senhor, abençoou toda a assembleia de Israel e orou ao Senhor.

domingo, 8 de janeiro de 2012

2 Crônicas 5

Ao terminar a obra Salomão levou para o templo as coisas que seu pai Davi havia consagrado, os levitas e os sacerdotes levaram a arca com todos os seus utensílios, sacrificaram ao Senhor e cantavam ao Senhor: Ele é bom e o seu amor dura para sempre. A glória do Senhor encheu o templo.

sábado, 7 de janeiro de 2012

2 Crônicas 4

Salomão mandou fazer um altar de bronze, um tanque de metal, pias, candelabros, o pátio para os sacerdotes. Hurão-Abi fez os utensílios a pedido de Salomão.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

2 Crônicas 3

Salomão começou a construir o templo, com todas as medidas no mínimo detalhe.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

2 Crônicas 2

Salomão deu ordens para a construção do templo, designou homens para carregadores, para cortadores de pedras, para fazer holocausto e para demais tarefas.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

2 Crônicas 1

Salomão, filho de Davi, reinou e o Senhor era com ele. Salomão reuniu todos Israel e ofereceu mil holocausto ao Senhor sobre o altar de bronze na Tenda do Encontro. Na mesma noite Deus apareceu para Salomão e falou para ele pedir algo, Salomão pediu sabedoria para governar. Deus se agradou do pedido de Salomão e o fez de Salomão o homem mais sábio e mais rico entre todas as nações.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

1 Crônicas 29

Davi louvou ao Senhor na presença de toda a assembleia. Sacrificaram ao Senhor e Salomão foi ungido rei. Depois Davi morreu já velho.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

1 Crônicas 28

Davi reuniu todos em Israel e anunciou que Salomão haveria de construir o templo, também deu instruções sobre a divisão das tarefas no templo do Senhor.

domingo, 1 de janeiro de 2012

1 Crônicas 27

Foram selecionados os oficiais do exército, dividido comandantes de mil e comandantes de cem. Cada divisão tinham 24.000 homens.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

1 Crônicas 26

Também foi dividido o ministério dos porteiros, eram responsáveis por todas as entradas e saídas do templo. Outros eram responsáveis pelos tesouros, eram responsáveis por todas as ofertas do templo.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

1 Crônicas 25

Davi separou alguns filhos de Asafe, de Hemã e de Jedutum para o ministério com harpas, liras e címbalos. Ministravam músicas no ministério de louvor ao Senhor.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

1 Crônicas 24

Davi dividiu dois grupos dentre as famílias de Itamar e Eleazar para cumprirem as ordens de ministrar no templo do Senhor.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

1 Crônicas 23

Davi já estava velho, reuniu e repartiu os levitas que descendiam de Gérson, Coate e Merari, filho de Levi. Os levitas ficavam responsáveis pela Tenda do Encontro, pelo Lugar Santo e pelo serviço do templo do senhor.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

1 Crônicas 22

Davi providenciou ferro, bronze e ouro para fabricação de material do templo, falou com seu filho Salomão que juntasse ainda mais outro e construísse o templo do Senhor, cumprindo assim a palavra do Senhor.

domingo, 25 de dezembro de 2011

1 Crônicas 21

Davi decidiu um recenseamento por sua própria conta e isso desagradou o Senhor. Por isso o Senhor mandou um anjo destruir Jerusalém, Davi comprou um terreno da eira de Araúna e construiu ali um altar de holocausto ao Senhor. Depois o Senhor ordenou que o anjo pusesse sua espada na bainha.

sábado, 24 de dezembro de 2011

1 Crônicas 20

Davi atacou todas as terras do amonitas e as deixou em ruínas, trouxe muitos bens das cidades e designou aos seus habitantes os serviços com serras, picaretas e machados em Israel. Davi também derrotou os filisteus.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

1 Crônicas 19

Quando Naás, rei do amonitas morreu, Davi enviou alguns homens para transmitir condolências ao seu filho, mas o filho de Naás achou que Davi enviava espiões e prendeu e humilhou os homens que Davi havia enviado. Quando soube, Davi atacou amonitas e os derrotou.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

1 Crônicas 18

Davi derrotou os filisteus e os moabitas, além disso Davi derrotou os seus inimigos e tomou para si muitas riquezas, muitos se sujeitavam a ele. Davi reinou sobre todo Israel e o Senhor lhe dava vitórias em todos os lugares.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

1 Crônicas 17

Davi decidiu criar um templo para o Senhor, Davi já vivia em um palácio e agora queria construir para o o Senhor. Mas o Senhor apareceu ao profeta Natã e disse que quem haveria de criar o templo não seria Davi e sim o seu filho que havia de reinar no seu lugar.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

1 Crônicas 16

Trouxeram a arca para tenda que Davi havia preparado, ministraram ao Senhor diante da arca, Davi encarregou Asafe dos louvores de adoração ao Senhor e cantou um cântico de gratidão ao Senhor.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

1 Crônicas 15

Davi preparou um lugar para guardar a Arca de Deus, reuniu todo Israel e reuniu os levitas, depois consagrou levitas para trazer a Arca de Deus. Davi preparou uma grande festa, sacrificaram ao Senhor e os levitas tocavam e levavam a arca conforme as leis de Moisés, assim pegaram a arca na casa de Obede-Edom e a levaram para Cidade de Davi.  

domingo, 18 de dezembro de 2011

1 Crônicas 14

Hirão, rei de Tiro, levou para Davi madeiras, pedreiros e carpinteiros, então Davi soube que Deus era com ele. Em Jerusalém Davi tomou pra si mulheres e gerou filhos. Os filisteus souberam que Davi havia sido ungido rei e o atacaram, mas o Senhor os entregou nas mãos de Davi.

sábado, 17 de dezembro de 2011

1 Crônicas 13

Davi juntou os israelitas e foram buscar a arca do Senhor e a trouxeram em uma carroça de bois, no  caminho os bois tropeçaram e a arca iria ao chão, Uzá tocou na arca tentando impedir que caísse, a ira do Senhor se acendeu e Uzá morreu fulminado. Davi teve medo e levou a arca para casa de Obede-Edom e ficou em sua casa por três meses, e o Senhor abençoou sua família e sua casa.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

1 Crônicas 12

Vários se juntaram a Davi em Ziclague, onde se escondia de Saul, alguns da trino de Gade também se aliaram a Davi, eram guerreiros corajosos. Assim o exército que acompanhava Davi se tornou muito numeroso, homens que se apresentavam voluntariamente.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

1 Crônicas 11

Todo Israel se reuniu Davi e disseram “Somos sangue do teu sangue”. Davi conquistou a fortaleza de Sião, que passou a se chamar a Cidade de Davi.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

1 Crônicas 10

Os filisteus saíram em combate contra os israelitas e mataram a Jônatas e feriram gravemente a Saul. Então Saul apanhou sua própria espada e se jogou sobre ela. Quando os israelitas souberam que Saul e seus filhos estavam mortos, abandonaram suas casas e fugiram, os filisteus saquearam os filisteus mortos, arrancaram a cabeça de Saul e puseram no templo de Dagom. Saul morreu assim pois foi infiel ao Senhor.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

1 Crônicas 9

Por sua infidelidade o povo de Judá foi levado prisioneiro para Babilônia.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

domingo, 11 de dezembro de 2011

1 Crônicas 7

Os descendentes de Issacar, de Benjamim, de Naftali, de Manassés, de Efraim e de Aser.

sábado, 10 de dezembro de 2011

1 Crônicas 6

Os descendentes de Levi, os músicos do Templo e a cidade dos músicos.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

1 Crônicas 5

Os descendentes de Rúben, de Gade e os descendentes da metade da Tribo de Manassés.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

1 Crônicas 2

Estes foram os filhos de Israel: Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom, Dã, José, Benjamim, Naftali, Gade e Aser. A descendência de Judá.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

1 Crônicas 1

A descendência de Adão, a descendência de Noé, a descendência de Sem, a descendência de Abraão, a descendência de Esaú, a descendência de Seir e os reis e chefes de Edom.

domingo, 4 de dezembro de 2011

2 Reis 25

Nabucodonosor, rei da Babilônia, cercou Jerusalém com seus soldados, quando Israel já não tinha o que comer e a fome era grande, os muros de Israel foram rompido e os israelitas foram capturados, o templo do Senhor e todas as casas de Jerusalém foram incendiadas pelos babilônicos.

sábado, 3 de dezembro de 2011

2 Reis 24

Durante o reinado de Jeoaquim, Nabucodonosor invadiu o país, mas passado algum tempo Jeoaquim rebelou-se contra Nabucodonosor. Joaquim reinou em Judá e fez o que o Senhor reprova.
No oitavo ano do reinado de Joaquim, Nabucodonosor o levou como prisioneiro e retirou todos os tesouros do templo do Senhor que Salomão havia feito.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

2 Reis 23

O rei Josias subiu até o templo do Senhor e comprometeu-se a seguir ao Senhor diante de todo o Jerusalém e Judá, destruiu os altares de Baal e acabou com a idolatria e com os prostíbulos e com todas as coisas repugnantes de Israel. Todo o povo adorou ao Senhor. Depois disso a páscoa foi celebrada ao Senhor, conforme as ordens do rei Josias. Depois da morte de Josias, seu filho Jeoacaz foi ungido rei de Judá e fez o que o Senhor reprova, depois de Jeoaquim reinou no lugar de Jeocaz e também fez o que o Senhor reprova.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

2 Reis 22

Josias tinha oito anos de idade quando começou a reinar em Jerusalém. Ele fez o que o Senhor aprova e andou nos caminhos de Davi. O sumo sacerdote Hilquias achou o livro da lei e leu para Safã rei de Judá, logo o rei se arrependeu e consultou ao Senhor. Assim o Senhor destruiu sobre os habitantes da terra, mas poupou o rei de ver tal desgraça.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

2 Reis 21

Manassés tinha doze anos de idade quando começou a reinar em Judá, ele fez o que o Senhor reprova, reconstruiu os altares idólatras que seu pai Ezequias havia demolido, chegou a queimar o próprio filho em sacrifício. Amom reinou em Hudá e também fez o que o Senhor reprova.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

2 Reis 20

Ezequias estava doente, então Isaias foi até ele e disse que ele iria morrer. Então Ezequias clamou ao Senhor e antes mesmo que Isaias se afastasse, o Senhor o mandou retornar e falar para Ezequias que o Senhor ouviu o seu clamor e lhe acrescentou quinze anos de vida.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

2 Reis 19

Isaías profetiza acerca da queda de Senaqueribe ao rei da Assíria.

domingo, 27 de novembro de 2011

2 Reis 18

Ezequias reinou em Judá e fez o que o Senhor aprova, removeu os altares idolatras e destruiu a serpente de bronze. Ezequias obedecia o Senhor e o Senhor o abençoava.

sábado, 26 de novembro de 2011

2 Reis 17

Oséias reinou em Israel em Samaria e fez o que o Senhor reprova. Os Israelitas pecaram contra o Senhor, adoravam outros ídolos e prestavam culto nos altares idolatras, queimaram seus filhos em sacrifícios, praticaram adivinhação. O Senhor os expulsou da sua presença e os entregou nas mãos dos saqueadores, só escapou a tribo de Judá.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

2 Reis 16

Acaz reinou em Judá e fez o que o Senhor reprova, chegou até a queimar seu filho em sacrifício. Então Rezim, rei da Síria e Peca rei de Israel, saíram para lutar contra Acaz, mas não conseguiu vencê-lo.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

2 Reis 15

Azarias reinou em Judá e fez o que o Senhor aprova, mas não destruiu os altares idólatras e o Senhor o feriu com lepra. Zacarias reinou em Israel e fez o que o Senhor reprova. Salum reinou em Israel mas Menaém o assassinou e foi seu sucessor e durante seu reinado fez o que o Senhor reprova. Pecaías reinou em Israel e fez o que o Senhor reprova. Peca reinou em Israel e  fez o que o Senhor reprova. Jotão reinou em Israel e fez o que o Senhor aprova mas não destruiu os altares idólatras.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

2 Reis 14

Jeoás fez o que o Senhor aprova, Amazias rei de Judá e Jeoás rei de Israel se enfrentaram em Bete-Semes.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

2 Reis 13

Jeoacaz reinou em Israel e fez o que o Senhor reprova. Jeoás também reinou em Israel e fez o que o Senhor reprova. Eliseu morreu e foi sepultado. Certa vez alguns homens jogaram um cadáver no túmulo de Eliseu e o cadáver voltou a viver.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

2 Reis 12

Joás fez o que o Senhor aprova por todos os anos do seu reinado e reparou o templo do Senhor.

domingo, 20 de novembro de 2011

2 Reis 11

Atalia mandou matar todos da família do rei, mas Joseba escondeu Joás, os demais da família do rei foram mortos. Passado alguns anos o sacerdote Joiada ungiu ao menino Joás e Atalia foi morta. Joás tinha sete anos quando começou a reinar.

sábado, 19 de novembro de 2011

2 Reis 10

Jéu mandou matar toda a família de Acabe, cumprindo-se a palavra do Senhor de que toda a família de Acabe seria morta. Depois Jéu mandou matar todos da família de Acazias, depois reuniu todos os profetas de Baal e matou todos. Assim Jéu acabou com toda idolatria a Baal. Jéu reinou vinte e oito anos e morreu.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

2 Reis 9

Conforme Eliseu havia ordenado, um discipulo foi até Jéu e o ungiu rei de Israel. Jéu perseguiu, acertou e matou Jerão, por causa da idolatria e das feitiçarias. Acazias fugiu mas também foi morto. Jezabel foi jogada do alto do seu palácio e morreu.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

2 Reis 8

Conforme orientação de Eliseu a mulher Sunamita saiu do pais com sua família e depois de sete anos retornou, logo sua casa foi restituída pelo rei de Israel. Hazael matou Bem-Hadade rei da Síria com um cobertor e tornou seu sucesso. Jeorão foi rei de Judá e fez o que o Senhor reprova, Acazias foi seu sucesso e também fez o que o Senhor reporva.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

2 Reis 7

Eliseu falou que tanto uma medida de farinha quanto duas medidas de cevada seriam vendidas por uma peça de prata, mas um oficial duvidou. No dia seguinte alguns leprosos descobriram que o acampamento dos arameus havia sido abandonado e tudo foi saqueado. Assim o povo saqueou o acampamento dos arameus e duas medidas de cevada e uma medida de farinha passaram a ser vendidas por uma peça de prata conforme a palavra do Senhor.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

2 Reis 6

Alguns homens estavam cortando arvores, quando o ferro do machado de um deles caiu no rio, mas Eliseu jogou um galho na água e o ferro do machado flutuou, logo o homem esticou a mão e pegou. Durante a guerra entre Israel e a Síria o Senhor revela a Elias sobre os movimentos e as estratégias do exército as Síria.